Greatest Hits

Greatest Hits
Tele-jogo, o videogame de uma geração

Greatest Hits

Greatest Hits
Coletânea de sucessos de uma fita Basf

Greatest Hits

Greatest Hits
O Rockeiros Nacionais também envelheceram

Greatest Hits

Greatest Hits
IoIô da Coca-Cola

A magia dos discos de vinil

segunda-feira, 30 de julho de 2012

vinil2

 

O disco de vinil, conhecido simplesmente como vinil, ou ainda Long Play (LP) é uma mídia desenvolvida no final da década de 1940 para a reprodução musical, que usa um material plástico chamado vinil(normalmente feito de cloreto de polivinila, ou PVC), usualmente de cor preta, que registra informações de áudio, as quais podem ser reproduzidas através de um toca-discos. (Wikipédia)

 

Os famosos “bolachões” como eram carinhosamente chamados fizeram a alegria de várias gerações apaixonadas pela música. Era muito comum alguns terem como hobby colecionar discos de vinil, que exigiam certo cuidado, pois se mal armazenados poderiam riscar ou empenar.

 

Certo é que o charme do disco de vinil ainda permanece na memória de muitos saudosistas, como símbolo de uma época de ouro da indústria fonográfica.

 

Alguns DJ’s ainda hoje preferem trabalhar com os discos de vinil, que embora mais difíceis de encontrar, são mais fáceis de operar nas mixagens. Particularmente, como ex DJ, eu prefiro o charme do vinil do que a comodidade das mídias digitais.

 

As Inesquecíveis Músicas Lentas

segunda-feira, 16 de abril de 2012

A minha primeira profissão no final da década de 80 foi de DJ. Na verdade naquela época nem existia o termo DJ, quem operava o som era chamado de discotecário. Tenho muitas boas lembranças dessa fase que durou até o final da década de 90, mas uma das coisas que mais me chamavam a atenção era as músicas lentas, aquelas pra dançar de rostinho colado, dois pra lá, dois pra cá.

 

Não existia baile que fosse obrigatório tocar pelo menos 1 hora das referidas músicas. Era esta a ocasião esperado pelos homens para convidarem as mulheres pra dançar e quem sabe algo mais…

 

Algumas canções ficaram marcadas durante essa época como obrigatórias, por isso resolvi escolher as 5 mais pedidas na época. É óbvio que é praticamente impossível fazer um lista das melhores sem cometer injustiças, já que os anos 80 e inícios dos 90, foram uma época de ouro das chamadas músicas românticas.

 

 

 

 

 

Refrigerantes antigos oitentistas

quarta-feira, 28 de março de 2012

Reza a lenda oitentista mineira que domingo sem macarrão, frango, refrigerante e Sílvio Santos, não era domingo. De fato tais elementos eram praxe na mesa dos mineiros, pelo menos aqui no interior.

 

O refrigerante era artigo de luxo, que só era possível ser saboreado durante o domingo, mesmo assim para famílias um pouco mais abastadas. Algumas marcas marcaram época e ficaram guardadas somente na memória daqueles que tiveram o privilégio de saborear essas delícias.

 

Graças a +Tatiana Silva, amiga lá do Google+ eu pude relembrar esses momentos marcantes, só acrescentei o Grapette que não estava presente na lista original, mas era muito solicitado nessa época. Viajem aí nesse gostinho de saudade!!!

 

Refrigerantes antigos

O toca fitas Roadstar e o Equalizador Tojo

segunda-feira, 12 de março de 2012

Numa época em que as músicas eram artigo em alta, ter um bom som no carro era primordial. Na afortunada década de 80 um dos itens mais cobiçados pelos proprietários de carro era o afamado toca fitas Roadstar auto reverse. Uma maravilha moderno que aumentava consideravelmente a chance do proprietário do carro fazer sucesso com o público feminino.

 

Os mais afortunados, além do toca fitas Roadstar, instalavam também o equalizador Tojo. Cujo imagem abaixo nos faz ter ideia da simplicidade do recurso, porém extremamente relevante na época.

 

s_MLB_v_F_f_203584354_1873

 

22859_2